05
ago
13

Dalí Joies

Poderia fazer deste post  uma redação de férias, afinal estamos começando o mês de agosto e realmente estava de férias em julho…

Neste mês de julho tive o prazer de poder satisfazer um grande desejo meu que era conhecer o Teatre –  Museu Dalí em Figueres na Espanha. Nem preciso dizer que é incrível, o máximo, mais que necessário, indispensável, etc…

Teatre - Museu Dalí

Teatre – Museu Dalí

Mas é mais que indispensável que eu diga que junto com este sonho tinha um bônus; as jóias de Dalí!!!!

Muitos desconhecem este lado de Salvador Dalí…

Artista cubista, dadaísta, simbolista e acima de tudo surrealista, Dalí sempre foi um artista mais que completo…

Salvador Dalí

Salvador Dalí

E um incrível designer de jóias!!

The Corset Ring

The Corset Ring

Ruby Lips

Ruby Lips

The Eye of Time

The Eye of Time

Dalí dizia que seu verdadeiro objetivo era mostrar a arte da joalheria em sua verdadeira perspectiva, onde o design da joalheria de arte, feita à mão, deve estar acima do valor material da jóia.

The Living Flower  (fragmento)

The Living Flower (fragmento)

The Bleedind World

The Bleedind World

The Persitence of Menory

The Persitence of Menory

Sobre design e inspiração…

” Em minhas jóias, como em toda minha arte, eu crio com amor.

Em alguns nota-se um sentido arquitetônico – como em alguns de meus quadros, novamente a lei logarítmica é evidente. Mais uma vez o espírito da inter- relação  do sistema operacional de matéria, de tempo e espaço.” (Dalí – Dalí Jewels)

The Royal Heart

The Royal Heart

” Coração, o que você quer?

Coração,

O que você deseja?”

A mãe de Dalí costumava lhe dizer toda vez que se aproximava. Então para Gala ele repetiu: “- Coração, o que você quer? Coração, o que você deseja?”

E ela respondeu: “- Um coração pulsante de rubis!”

Poderia ficar horas, dias, absolutamente, muito tempo falando sobre Dalí.

Poderia falar sobre minha visita ao Teatro – Museu de Dalí e sobre suas jóias por mais tempo ainda…

Mas vou finalizar com palavras de Dalí :

” Sou um “polimorfo depravado”, inabilitado e anarquista. Todas as minhas dores de consciência são transformada em avidez e toda minha avidez se torna dor de consciência. Tudo me modifica mas nada me muda. Sou mole, covarde e desagradável. Meu espírito descobriria, nos rigores do pensamento espanhol, a forma suprema de meu gênio curioso como agates sanguinários, jesuítico e dendróide. Meus pais me batizaram de Salvador. Assim, como o nome sugere, estou destinado a salvar nada menos do que a pintura do niilismo da arte moderna, e isto, numa época de catástrofes, em um universo medíocre e mecânico onde temos i infortúnio e a honra de viver.

Se eu me voltar para o presente, e apesar de não subestimar aqueles cujo conhecimento especializado é bem superior ao meu, por nada neste mundo eu trocaria minha personalidade com a de qualquer um dos meus contemporâneos.” (Dalí – Dalí)

(fotos tiradas por mim das jóias de Dalí em minha visita ao Teatro- Museu Dalí  Facebook)

Anúncios

0 Responses to “Dalí Joies”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 328 outros seguidores

@deacrivellari


%d blogueiros gostam disto: